Como um pai tem coragem de abandonar a própria filha quando nota que ela tem uma deficiência? E como conviver com a decisão pelo resto da vida? Este é o drama do livro “Guardião de Memórias” da escritora Kim Edwards. A obra já vendeu cerca de três milhões de cópias no mundo todo. O drama mostra duas famílias paralelas: a do médico David Henry, que optou apenas por criar o filho perfeito e o da enfermeira, que ao invés de deixar a menina com problemas em uma casa, resolve fugir e criá-la como filha. As escolhas e suas consequências para mim é a grande lição do livro e para vocês? Paz e beijos.