Leitura conjunta de Edgar Allan Poe





Chega de final feliz. Cansei. Por isto estou participando da leitura conjunta de Edgar Alan Poe, contista, poeta e crítico literário que lançou o gênero do terror na literatura.
Eu e vários canais literários entramos nesta onda e  vamos ler até o final de fevereiro histórias de suspense, terror e mistério.
O incrível Edgar Allan Poe ficou órfão ainda menino, mas foi adotado por uma família rica. Então estudou nas melhores escolas, teve os melhores amigos que o dinheiro pode comprar. Super inteligente era considerado o melhor aluno da classe. Ele era brilhante e suas obras que encantam o leitor até hoje mostram o seu talento.
Mas depois de adulto se apaixonou pela bebida e sua vida começou a degringolar. No entanto, ele nunca abandonou a escrita e fez contos maravilhosos. Este mês, Poe completaria 207 anos de idade porque ele nasceu no dia 19 de janeiro


Dois deles, eu li esta semana. "Willian Wilson" e "A Queda da Casa de Usher".
"Willian Wilson" minha intuição diz que é autobiográfico. No início você se depara com um homem prestes a morrer e que resolve contar a sua história como uma forma de se redimir do que fez de errado na vida.
Ele comenta que foi  um menino muito rico que sempre teve tudo na vida, mas que se tornou violento. Ele chega a dizer que sua má índole é resultado da educação que recebeu dos pais que sempre o deixaram fazer tudo sem impor regras.
No colégio interno ele se encontra com outro rapaz por quem ele pega antipatia imediata e gratuita. Para ele, este outro menino tenta imitá-lo e fazer de tudo para contrariá-lo.
Neste conto, Poe desvenda o interior e os pensamentos macabros de William Wilson e nos mostra um garoto que se transformou em um homem arrogante, competitivo, que gosta de humilhar as pessoas e ser sempre o centro das atenções.
Para saber se Willian Wilson merece perdão você vai ter que ler o conto.

"A Queda da Casa de Usher" é um livro que me dá arrepios. Usher , um homem rico, chama para a sua casa o melhor amigo que o encontra em estado deplorável, parece que prestes a morrer.
Naquela casa sombria ele também conhece a irmã de Usher, Madeline,  que está doente e que desaparece de repente.
Durante a leitura, você percebe que o narrador encaminha o leitor para um desfecho tenebroso e atormentado. A própria mente do amigo visitante vai se deixando levar por aquele clima de decadência, ventos e gritos estranhos.
Usher é o personagem que não aceita boas lembranças, ele está tomado pelas trevas. Tudo indica que cometeu algo que se arrepende, mas que não quer e talvez não possa mudar.
Estes foram os dois contos lidos de Edgar Alan Poe. A leitura conjunta vai até o final de fevereiro.
Se você quiser participar entre na página do evento do Facebook. 

Link para o vídeo do canal, com mais detalhes, está aqui embaixo. Se puder acesse e se gostar se inscreva. Paz e beijos.