Volver um Filme de Muitas Emoções

  • 15:16
  • 04 dezembro 2015
  • Minha filha Laiany sempre foi apaixonada por Pedro Almodóvar. Eu sempre me neguei a compartilhar desta paixão, porque era completamente viciada em filmes hollywoodianos.
    Em 2015, resolvi dar uma chance a outros gêneros e comecei uma peregrinação por outros estilos cinematográficos.

    Almodôvar e Penélope Cruz

    Eu finalmente cedi e fiquei apaixonada pela genialidade deste cineasta espanhol, ganhador de vários prêmios, e sua capacidade de levar para o cinema fatos do cotidiano de uma forma completamente inesperada.
    A atriz Penélope Cruz, que já ganhou o Oscar por melhor atriz coadjuvante por Vicki Cristina Barcelona, por quem eu torcia o nariz, também me capturou com seu talento extraordinário. 


    Esta dobradinha Almodóvar e Cruz é famosa, mas tive contato com a dupla pela primeira vez em Volver, filme lançado em 2006.
    Nele, Raimunda  (Penélope Cruz) trabalha incansavelmente para dar conta das finanças da casa. 
    O marido, desempregado, passa o tempo assistindo televisão e em um belo dia resolve abusar sexualmente da filha adolescente. 
    A menina desesperada toma uma atitude drástica que vai mudar a vida da família. Esta cena é arrepiante.


    Raimunda vai fazer de tudo para proteger a filha deste pai pedófilo e eu tomaria a mesma atitude que ela tomou ao se deparar com a filha assustada e sem ação.


    Neste filme, você também percebe que os mortos estão muito mais próximos de você agora que partiram para uma nova aventura do que quando estavam vivos.
    Você vai perceber esta presença analisando a  maneira como a irmã de Raimunda, uma cabeleireira, convive com a morte da mãe.
    Eu me recordo todos os dias de fatos envolvendo meu pai e minha mãe, que já morreram há alguns anos, mesmo não comentando sobre isto com as pessoas que estão ao meu redor.
    Se você tiver oportunidade veja "Volver" um filme que permanecerá na sua mente durante muito tempo.

    Tecnologia do Blogger.